PRESIDENTE DA UBAM QUER UNIÃO COM APRECE E SETOR PRODUTIVO PARA CONSOLIDAÇÃO DA ZONA FRANCA DO SEMIÁRIDO

Está muito próximo, basta a união da bancada nordestina  com o  novo  Congresso Nacional , das lideranças municipalistas,  do setor produtivo e industrial ,  para que seja aprovada a PEC 19/20011 que trata da criação  Zona Franca do Semiárido Nordestino e  que tramita há sete anos.  Foi o que disse  o Presidente da União Brasileira dos Municípios-UBAM , Leonardo Santana, que esteve hoje , 21, no Ceará,onde participou de uma reunião na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará- FAEC,  acompanhado da Presidente da UBAM do Amapá, Sra Alandy Cavalcante e do Presidente da UBAM-CE, Almir Guilherme. A tarde eles estiveram na APRECE e no dia seguinte  à  cidade de Mulungu, onde a UBAM pretende fazer uma parceria  com àquele município , para implantação do Projeto de Créditos de Carbono Reverso , previsto no protocolo de Kioto.   

Segundo ele, foi a  UBAM  que apresentou a proposta  de Emenda  Constitucional, que já foi aprovada na Comissão de Constituição Justiça. A ideia surgiu durante o 1º Encontro Nordestino de Prefeitos, realizado na capital do Estado da Paraíba, João Pessoa.  De lá para cá muitas ações  foram desenvolvidas , a entidade  conseguiu  a simpatia de vários parlamentares e especialmente do  deputado federal Raimundo Gomes de Matos, então presidente COPADAR- Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara  , que acompanhou todo a tramitação da PEC. O deputado esteve presente à reunião, e informou que tudo depende agora da nova bancada nordestina, que não é pequena  são 151 parlamentares de nove regiões e da aprovação pelo presidente Jair Bolsonaro, que prometeu todo apoio ao Nordeste.

O Presidente da FAEC, Flávio Saboya considerou o projeto da mais  alta importância e que poderá incrementar os negócios na agroindústria do semiárido cearense, , haja vista que a Região beneficiada no Ceará fica a 100 quilômetros do polo central da Zona Franca, que é a cidade de Cajazeiras, na Paraíba. Somente  no Ceará serão beneficiadas 31 cidades,  a maioria delas  tem grande potencial para produção de leite e derivados, e ainda  podem produzir  forragem  para os animais com alta tecnologia, como fazem países como a Austrália e a Holanda   um projeto que a FAEC vem defendendo há vários anos.    Entre os  municipios beneficiados pela Zona Franca do Semiárido  estão: Juazeiro do Norte, Missão Velha, Barbalha, Crato, Farias Brito, Caririaçu, Grangeiro, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Cedro, Baixio, Ipaumirm, Aurora, barro, Milagres, Abaiara, Mauriti, Brejo Santo, Porteiras , Quixelô, Iguatu, Icó, Orós, Ererê, Pereiro, Jaguiaribe,

 O Presidente da UBAM Leonardo  Santana,  recebeu das mãos  do presidente do Sindicato Rural de Moraújo, Elder Aguiar um projeto que poderá também ser inserido dentro do aproveitamento de mão de obra rural, o “ Doutores do Sertão” , no sentido de utilizar  os estuantes ligados às escolas técnicas e ou agricolas para levarem  seus conhecimentos às propriedades rurais, promvendo a sucessão no campo.  Estiveram presentes ainda a reunião, o presidente da Câmara Municipal de Moraújo, Salustiano Teodoro de Aguiar e o Representante do Sindicato Rural de Viçosa do Ceará, Tarcisio Fontenele. 

 Benefícios e Região atendida om  com  Zona Franca do Semiárido (ZSF)

No Nordeste a Zona Franca do Semiárido (ZSF) contemplará os Pólos industriais ciom as atividades comercial, industrial e agropecuária. A industrial será considerada a base de sustentação da ZSF e possuirá industrias de alta tecnologia gerando mais de meio milhão de empregos, diretos e indiretos. A agropecuária, abrigará  projetos voltados à produção de alimentos, agroindústria, piscicultura, turismo, entre outros.  Os municípios   terão vantagens tributais , cambiais e administrativas,  além de outros benefícios que certamente serão beneficiados pelo Governo Federal. 

 

CEARÁ- 31 municipios

RN: Mossoró

Pi_ Picos

PE: Salgueiro

AL- Arapiraca

SE-Itabaiana

MA; Macabeira

 BA: Irecê

MG- Montes Claros