ESPECIALISTA INTERNACIONAL EM CAMARÃO APRESENTA MANEIRAS DE PREVENIR E CUIDAR DA DOENÇA DA MANCHA BRANCA E MAL SÚBITO

A doença da mancha branca e do mal súbito  no camarão vem  atacado os criatórios  em vários países da Ásia, já chegou ao México, a  Malásia, Vietnã e Tailândia e  segundo o Presidente da Associação dos Criadores de Camarão em Cativeiro  do Ceará – ACCC-   Cristiano Peixoto Maia    isso ocorre  em parte,  por causa do clima, aqui o nosso  clima é  quente sendo  mais difícil esses tipos de doenças. Ele garantiu que  o  camarão desses países  NÃO chega ao Brasil , muito menos ao  Ceará, no início de 2013 o MPA liberou a importação de camarão da Argentina , mas temendo transmissão de doenças de  outros países a ABCC- Associação Brasileira dos Criadores de Camarão –  entrou com um liminar que permanece até hoje. O presidente da ABCC- Itamar Rocha   presente à reunião, informou que o palestrante fará a abertura do XII  SIMPÓSIO INTERNACIONAL DA CARCINICULTIRA-FENACAM, , que se realizará novamente em Fortaleza, de 13 a 19 de novembro próximos.O  Presidente da Associação  dos Criadores de Camarão do Estado do Piauí , Santana  Junior e cerca de 110 participantes, entre  diversos produtores e empresários  de camarão do Estado, estudantes de Jaguaruana , Itaiçaba, técnicos da Semace, UFC, SEAPA, Adece, Sebrae, Banco do Nordeste, Faec, Senar, Centec,   participaram da palestra e dos debates, tirando dúvidas sobre as duas doenças.

COMO VIVER COM A  PRODUÇÃO DE CAMARÃO EM PAÍSES  ASIÅTICOS APÓS A MANCHA BRANCA E A DOENÇA DA MORTE SÚBITA, foi o tema da palestra do Pacto de Cooperação da Agropecuária- AGROPACTO, ocorrida hoje, 4 , no auditório do Sebrae.  O palestrante convidado foi  o Dr Farshad Schechian , PHD  em Aquicultura, presidente e diretor executivo da Blue Aquua Internacional, empresa que atua em mais de 15 países no mundo fornecendo produtos e serviços à indústria de aquicultura.

Para o Dr   Farshad  nos  últimos quatro anos houve muita mudança no crescimento do camarão em todo o mundo ,  64%  vem da aquicultura ,destacando  um aumento de 20%  no  consumo , principalmente na  China,  Europa, Estados Unidos, Indonesia e  Índia. . Em Honkong  se consome 70 kg por ano, depois vem a Tailândia, Vietnam, Indonésia e Índia. Ele disse ainda que no  Brasil tem um crescimento positivo, mas nos últimos seis meses a produção caiu por causa de  algumas doenças, daí a importância de começar a prevenir- se . A doença começou em 2008 na China e se espalhou no Vietnam  em 2009  , e Estados Unidos em 2011, chegando  até a América do Sul.

As doenças  da mancha branca e do mal súbito  ( EMS e RMS) começaram  na China, causando  muitos  problemas  na produção que cai rapidamente, muitas fazendas fecharam, a expectativa é que esse ano melhore, com as medidas de controle que estão sendo adotadas . A doença EMS ninguém sabe ainda a causa ,o camarão  começa a mudar a cor , fica vermelho e morre no fundo do viveiro. Um parasita Ehp( enterocytozoon hepatopenai) é o grande desafio.   EMS E RMS- são as doenças mais importantes na CARCINICULTIRA , são uma doença infecciosa, causada  no meio ambiente, o vírus e a bactéria podem causar a doença. Quais os fatores a observar?  Segundo ele,  há  uma combinação de diferentes fatores : infraestrutura, meio ambiente, ter cuidado com a estocagem e com a genética. O manejo do viveiro é o fator chave, deficiência mineral, gases tóxicos, são parâmetros necessários ao manejo da fazenda. O controle é essencial, repetiu   . Temos que evitar a estocagem no período frio, usar desinfetante com cal ou cloro , aumentar o PH da água, o camarão tem um sistema imunológico frágil não temos vacinas, então o melhor é prevenir ,  olhando a dieta, desinfetar a  água,cuidar das redes de proteção,  a água tem que ser fresca, o produtor deve ficar atento  na alcalinidade da água, informou o especialista americano.

Segundo Cristiano Peixoto Maia,  presidente da Câmara Setorial do Camarão e  da  ACCC, que sugeriu a palestra à  Coordenação do  Agropacto, o Dr. Farshad  possui mais de 20 anos de experiência com camarão em todo o mundo, sendo ainda o inventor do sistema MIxotrópico , o qual patenteou em 15 países , um sistema que tem contribuído muito com o desenvolvimento e crescimento da atividade do camarão em vários países, após surtos da doença.

Cristiano Peixoto informou ainda,  que o palestrante é consultor internacional  em países como a Tailândia, Vietãn,  Indonésia, Turquia, USA, México, Brasil, China, Sirilanka, Malásia,Coréia, Noruega, Austrália e Singapura. É também presidente da Wold Aquculture Societ( Sociedade Mundial de Aquicultura) -WAS – Ásia,  editor da revista especializada em Aquicultura na Tailândia e Indonésia, e fundador e presidente da Ásia Aquaculture Network ( ANN). A ANN é uma associação regional na Ásia , que engloba vários profissionais e  tem como plataforma a discussão , comunicação e o compartilhamento de informações  sobre a atividade de Aquicultura, além das questões que envolve todo o setor, como legislação governamental e ambiental.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado  do Ceará – FAEC e coordenador do Agropacto, Flávio Saboya  considerou  das mais importantes   a palestra  do especialista americano, trazendo muitas informações necessárias  aos criadores de camarão do Estado para que comecem a prevenir- se dessas doenças,  tendo em vista que o Dr. Farshad forneceu  subsídios importantes  à  prática da atividade , ressaltando o compromisso do Agropacto de sempre trazer para os produtores temas de interesse da categoria.

FENACAM DOBRA ÁREA NO CENTRO DE EVENTOS

Este ano o XII  Simpósio Internacional de Carcinicultura – FENACAM se realizará novamente  em Fortaleza , no Centro de Eventos  terá um caráter  internacional através de uma parceria com diversas instituições e a Wold Aquculture Society ,”   estamos dobrando a área de exposição no Centro de Eventos , que será 9 mil m2, com cerca de 120 empresas expondo” , disse o Presidente da ABCC, Itamar Rocha . Segundo ele, as maiores  empresas internacionais  já confirmaram suas presenças. A FENACAM  terá ainda  cinco outros eventos paralelos: o   III  Fórum  Internacional sobre Tilápia, O IX  Simpósio Internacional  de Aquicultura , o Congresso Latino Americano e Caribenho de Aquicultura da WAS( LACQUA 15) , XII Festival Gastronômico de Frutos do Mar e a XII Feira Internacional de Equipamentos, Produtos e Serviços para Aquicultura.

www.blueaquaint.com

SERVIÇO

AGROPACTO- PACTO DE COOPERAÇÃO DA AGROPECUÁRIA CEARENSE  –

Realização: Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará- FAEC

Dia : 4 /08

Hora : a partir das 7h30 min

Local: : Auditório do Sebrae- CE

MAIORES INFORMAÇÕES

Cristiano Peixoto: 85- 3474-1788

Assessoria de Imprensa Sistema Faec/ Senar- CE

Jornalista responsável : Silvana Frota ( MTB- 432)

85-99819640/ 3535- 8038