SINRURAL em ação! Orientando ao produtor rural como proceder de acordo com sua dívida.

Nesta quarta-feira (07/11), o presidente do Sindicato Rural de Quixeramobim, Cirilo Vidal Pessoa, reuniu-se com o Dr. Nelson Fraga, especialista em crédito rural para tratar de assuntos de interesse do produtor rural e também sobre a MP 842 (lei da renegociação de dívidas Rurais do Nordeste), na qual a informação recebida é que o Tesouro Nacional estar solicitando o veto total.
Durante a reunião, Dr. Nelson dar dicas e orienta os produtores rurais informando sobre um fato muito importante que é ficarem atentos em relação à lei 13.606 do art. 36 (que permite a renegociação das dívidas contratadas entre 2012 e 2016). Segundo Nelson, o prazo previsto na resolução nº 4660 para adesão é de 180 dias da data da publicação da resolução e ainda indaga “esse prazo irá encerrar no dia 13 de novembro de 2018”. Com base em suas explicações, os produtores rurais que estão negociando ou pretendem negociar essas dívidas com os bancos, é muito importante que protocolem uma correspondência até o dia 13 de novembro deste ano, formalizando o pedido. Ou seja, o produtor deve está atento ao prazo de adesão para formalizar a operação.
O especialista fala da importância dessa negociação dentro do prazo, pois o produtor ficará adimplente e ainda garante prazos para no ano seguinte continuar trabalhando para melhores condições do produtor do Nordeste. Fraga lembra que as operações inscritas em dívidas ativa da União, a proposta que está prevista ser sancionada não prorroga o prazo para liquidação das dívidas em 2019, apenas mantém o prazo de 30 de dezembro de 2018. Porém, permite que o produtor pague até 30% do débito existente com desconto e o restante terá o prazo até dezembro de 2019 para pagar todo o restante.
Então, o que Dr. Nelson quis dizer é que, no caso de dívidas ativa da União, é muito importante o produtor rural ficar atento a essas alterações, pois se os 30% não forem pagos ainda esse ano, não terá o prazo de 70% prorrogado. Pensando nessa utilidade, o representante do Sindicato Rural de Quixeramobim, participou da audiência com o especialista em crédito rural para repassar aos produtores rurais essa oportunidade que todos devem aproveitar prestando bastante atenção, pois podem perder o benefício de desconto de 100% da dívida.