SERVIDORA DO SENAR COMPÕE POEMA

Meu povo me escute bem
Pois eu quero lhes contar
A respeito de uma Instituição
Que tem no meu Ceará

Mas não só tem lá não
Tem em todo lugar
Desse Brasil Rural de Meu Deus
Pra muita Gente Ensinar

Aprendi que o SENAR
É o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural
Que leva ao homem e a mulher do Campo
Um sabe necessário e sem igual

Ele faz a Formação Profissional
Do homem e da mulher rural
E também alcança suas famílias
Com a Promoção Social

Presta aos produtores do Ceará e do Brasil
A Assistência Técnica e Gerencial
Uma Metodologia Própria que nasceu
Para alcançar todo território Nacional

No Senar do Ceará temos o Programa Agrinho
Que ensina a milhares de crianças
Temas da maior Relevância
Que as capacitam e despertam nutrido a esperança

São mais de cinco mil professores, Diretores
E Coordenadores de centenas de escolas rurais
Na terra da luz se faz, presente em 45 municípios
Sempre firmado em parcerias leais

Tem o Programa Saúde do Homem e da Mulher,
Que vai do Litoral ao meu Sertão
Do Cariri a Serra Grande
Levando a bendita Prevenção.

Pro sertanejo cuidar da sua próstata
E a sua florzinha fazer o Papa Nicolau
E eles seguirem sadios e produzindo
Vivendo uma vida normal

O SENAR faz também com muito zelo
A orientação dos profissionais da contabilidade
De produtores rurais, pessoas física e jurídica,
Na Previdência Rural e suas especificidades

Orienta como devem todos estes procederem
Para recolherem direitinho à Previdência e ao SENAR
E assim possibilitar cumprir a missão deste Serviço
Que forma, promove e assiste com esmero exemplar

Mas tenho andado muito triste,
Com uma tal MP 932 e o que ela pôde causar
De uma lapada só levou cinqüenta por cento
Dos recursos do SENAR

Minha gente é hora de reagir
Para o SENAR proteger
Sensibilizando aqueles que tudo podem fazer
Pois sem a Maior Escola da Terra como iremos Aprender?