SEMINÁRIO AGROSETORES CEARÁ: FAEC INTEGRA CONSELHO GESTOR DAS CÂMARAS SETORIAIS

Hoje, 11, durante a realização do Seminário AGROSETORES Ceará , o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado – ADECE, Eduardo Neves, apresentou a nova dinâmica das Câmaras Setoriais e Temáticas da ADECE e deu posse aos novos presidentes, vice-presidentes e secretàrios das 22 Câmaras Setoriais.  O novo modelo contempla a criação de um Conselho Gestor, formado por 5 (cinco)  Órgãos: ADECE, FIEC, SEBRAE, FAEC, FECOMERCIO e FCDL. Entre as novidades está a criação das Câmaras Setoriais do Agronegócio, Economia Criativa, Economia do Mar e das Águas Continentais, Meio Ambiente, Moda, e Gastronomia.

A Câmara temática do Agronegócio será constituída por 10 (dez) segmentos: caju, carnaúba, equinocultura, flores, frutas, leite, mel, ovinocultura, carcinicultura e tilápia  e seus membros foram indicados pela FAEC e FIEC ,tendo como presidente, o Empresário  Carlos Prado, da Itaueira  um dos maiores produtores de Frutas do Nordeste .

O presidente da FAEC, Flavio Saboya compôs a mesa das Autoridades durante a abertura do Seminário AGROSETORES, que contou com a presença da vice- governadora Isolda Cela, do secretário da SEAPA, Euvaldo Bringel, Secretário de Turismo de Fortaleza, Régis Medeiros, representantes de todas as câmaras setoriais e temáticas. Em pronunciamento, o presidente da FAEC Flavio Saboya destacou a importância do trabalho que vem sendo feito há 10 anos pela ADECE atravès das Câmaras  Setoriais  que muito tem contribuído para o crescimento do agronegócio cearense. Saboya salientou também que esteve recentemente em Brasília na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA em companhia da futura ministra da Agricultura e Pecuária,  Tereza Cristina e que esta prometeu apoiar as iniciativas que visem o desenvolvimento do semiárido . O evento é uma promoção do Instituto Future, com o apoio da Adece e acontece de 11 a 13.

AGROSETORES FLAVIO SABOYA

Câmara setorial do Agronegócio é a maior

Na Câmara Setorial do Agronegócio da ADECE a maior das câmaras redefinidas pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado, ficou assim constituída: Caju- Presidente: Rodrigo Diógenes Pinheiro, Carnaúba: Edgar Gadelha, Equinocultura (Alexandre Fontes Pereira, Flores:  Gilson Gondim, Frutas: João Teixeira. Leite: Jose Antunes Mota, Mel: Vinicius Araujo de Carvalho e ovinocaprinocultura: Antônio Braga Almeida, Camarão: Cristiano Peixoto e Tilápia: Carlos Alberto Lemos. O presidente da nova Câmara Setorial do Agronegócio, Carlos Prado, disse que o Ceará tem excelentes condições climáticas para desenvolver o Agronegócio, o que falta è água suficiente, por isso recomendou ao Governo do  Estado iniciar o processo de  dessalinizaçāo  da água, que  considera  uma boa alternativa para superar as necessidades dos produtores.