SEDET apresenta proposta para atividade leiteira e FAEC sugere ampliação de laboratório ao Mapa

O grupo produtor que está coordenando a elaboração do plano de ação para a atividade leiteira , esteve reunido mais uma vez na FAEC , para discutir a proposta apresentada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado- SEDET, apresentado pelo secretário executivo Silvio Carlos. O presidente da FAEC, Flávio Saboya sugeriu que o documento fosse analisado por dois técnicos especialistas em leite, Carolina Barroso Machado, do Sistema FAEC/ SENAR e José Aguiar Júnior, da SEDET, que na próxima semana já vão apresentar suas considerações ao grupo.

A partir dessa reunião, o Presidente da FAEC, Flávio Saboya enviou ao secretário Executivo do MAPA,Marcos Montes Cordeiro , um oficio solicitando a instalação de um laboratório do leite no estado bem como, a ampliação e reconhecimento pelo MAPA do laboratório do Instituto Centro de Ensino Tecnológico CENTEC,com sede em Quixeramobim . Ressaltou ainda no documento, que a FATEC, Faculdade de Tecnológica -SC vinculada ao CENTEC, tem uma capacidade no seu LAQleite de realizar análises de apenas 20 amostras/dia que, e que face, às novas Instruções Normativas do MAPA(Nº 76 e 77) seriam insuficientes para o atendimento das necessidades.
Essas instruções criaram parâmetros e exigências, quanto às normas da qualidade do leite, considerando que hoje o Ceará é o 2° maior produtor de leite do Nordeste, com um significativo número de produtores.
Só o município de Quixeramobim produz diariamente, 150 mil litros de leite, onde está instalado o referido laboratório, disse Saboya.

FAEC SUGERE LABORATÓRIO AO MAPA

O presidente da FAEC sugeriu a aquisição de novos equipamentos para este laboratório que propiciará a prestação de serviços aos produtores e empresas que integram a cadeia produtiva de produtos de origem animal. Ele sugeriu também, que devido a ausência de um laboratório da  Rede Brasileira de Laboratórios de Controle de Qualidade do Leite-RBQL, no Nordeste, bem como os altos custos de envio das amostras das empresas locais, para os laboratórios credenciados da RBQL, situados em outras regioēs do país, fosse feita uma auditoria no laboratório da FATEC, a fim de prepararmos os mesmos para atender a demanda do Estado do Ceará e num futuro bem próximo a Região.

Participaram da reunião além do Presidente da FAEC e do secretário executivo da SEDET, o representante do setor de agronegócio Hélio Chaves, os presidentes dos sindicatos rurais de Quixeramobim, Cirilo Vidal e de Quixadá, Fausto Fernandes, Sérgio Brito de Castro- do Sindilacticinios, Amilcar Silveira, presidente da Câmara Setorial do Agronegócio da ADECE .