RETROSPECTIVA 2019

Chegamos ao final de mais um ano de atividades do Sistema FAEC/SENAR/CE. Avaliando as ações, apesar das constantes dificuldades , consideramos um ano positivo, especialmente no Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG, que conseguiu se firmar, em pelo menos 32 municípios, beneficiando 640 produtores com as modernas estratégias de administração da propriedade rural.
Para 2020, já temos como meta atender cerca de 5 (cinco) mil produtores rurais, inseridos em 144 turmas que serão formadas. A ascensão da ATeG ocorre por meio do Programa Prospera Nordeste, realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA e, respectivamente, as Federações que a compõe, estando o SENAR habilitado pela ANATER para oferecer uma assistência técnica e gerencial de qualidade.
O referido programa foi lançado no mês de outubro último, e os contratos de adesão com os nossos Sindicatos dos Produtores Rurais estão sendo firmados para que as ações se iniciem nos primeiros meses de 2020.
A sede do Sistema FAEC/SENAR foi o palco, no dia 11 de setembro, do lançamento de outro importante programa do MAPA, o Agro Nordeste, específico do Governo Federal, com o foco voltado para algumas cadeias produtivas e que, no caso do Ceará, deverá beneficiar inicialmente as Regiões dos Inhamuns, do Vale do Jaguaribe e do Sertão Central (Quixeramobim), envolvendo 37 municípios.
O evento contou com a presença do coordenador geral do Agro Nordeste, Danilo Forte, de representantes dos diversos setores produtivos, bem como de produtores de diversas regiões do Estado. O programa começará a ser executado a partir do próximo ano, tendo a FAEC importante participação na sua realização.
Ocorreu também em 2019 outro evento motivo de orgulho não só para a Federação, mas, também, para os seus Sindicatos. Trata-se do 1º AGRI & PEC Cariri, realizado em conjunto com o Instituto Federal de Educação e Tecnologia do Ceará – IFCE/Campus do Crato, nos dias 24 e 25 de outubro, envolvendo 28 municípios da Região do Cariri,tendo como destaque a participação decisiva do presidente do Sinrural do Crato, Bartô Fernandes.
O AGRI & PEC Cariri trata-se de um seminário tecnológico de caráter regional baseado no modelo bem sucedido do Seminário Nordestino de Pecuária – PECNORDESTE, que já está na sua 23º edição, porém ocorrendo sempre em Fortaleza. A idéia agora é expandir para as demais Regiões administrativas do Estado .
O AGRI & PEC Cariri teve uma grande repercussão e contou com 1.000 participantes nos dois dias de programação. Foram 41 palestras técnicas, envolvendo 09 (nove) cadeias produtivas do Agronegócio, além do dia de campo e da participação das caravanas de produtores vindas de diversos municípios circunvizinhos. Na ocasião, lançamos, através do Sindicato Rural de Moraújo, o Programa Doutores do Sertão, que deverá ser incorporado pelo IFCE, em outras regiões do Estado, aproveitando os estudantes dos cursos de Agronegócio. Realizamos em conjunto com a CNA e a Embrapa Semiárido, um dia de campo na Fazenda Triunfo, em Ibaretama, dentro da Unidade de Referência Tecnológica (UTR) do Ceará.

O intuito era mostrar os resultados das pesquisas dentro do Projeto Forrageiras para o Semiárido – Pecuária Sustentável, que tem 13 UTS espalhadas pelo Nordeste.
Outro momento a ser relembrado, foi a realização do AGROPACTO em Quixadá, ocasião em que debatemos os resultados do Programa Bioma Caatinga, importante ação de pesquisa que a CNA desenvolve há 05 (cinco) anos no estado do Ceará, em conjunto com a EMBRAPA e que conta com o apoio do Sinrural de Ibaretama .
Envolvemos-nos em diversas atividades de apoio, participando de audiências públicas e promovendo debates no Pacto de Cooperação da Agropecuária Cearense –AGROPACTO.
Constituímos com o apoio de um grupo de servidores do DNOCS, BNB e da FAEC, uma Frente em Defesa da Revitalização do DNOCS, mais uma vez ameaçado de extinção. Tendo essa causa como tema, promovemos um AGROPACTO e participamos de diversas reuniões com grupo de gestores da Frente, culminando com uma visita ao governador em exercício, DR. Sarto Nogueira, e uma audiência pública na Assembléia Legislativa do Ceará. Felizmente, com a ação conjunta de todos, e da bancada nordestina, o DNOCS continua exercendo suas atividades.
O AGROPACTO em 2019, promoveu 22 reuniões, sendo duas delas itinerantes, uma no Crato, no mês de julho, durante a EXPOCRATO, e outra em Quixadá, no mês de abril.
O tema debatido durante o evento realizado na EXPOCRATO foi “O desafio na produção de suínos e a importância da gestão dos recursos”, evento ocorrido no auditório da URCA – Crato/CE. Já em Quixadá, o tema tratado foi o lançamento do Programa ATEG na Região do Sertão Central.
Durante a EXPOECE, no mês de novembro, realizamos, dentro do Parque de Exposições, outra reunião muito importante do AGROPACTO, dessa vez para tratar da vacinação da febre aftosa e as mudança provenientes da suspensão da vacina a partir de 2021. Esse assunto é de suma importância para os pecuaristas, inclusive, a FAEC e seus Sindicatos foram incluídos no Grupo Gestor composto por dez instituições que vão trabalhar nesse processo de transição.
Finalizando, podemos afirmar que o Sistema FAEC/SENAR AR/CE, com o apoio dos nossos colaboradores, mais uma vez cumpriu, com determinação e muito trabalho, os seus objetivos, que são de promover a capacitação e a promoção social do produtor rural e de sua famílias, através dos vários programas que oferta, sem esquecer o Agrinho, um programa de responsabilidade social que chegou à sua 17ª Edição, levando educação aos jovens do campo. Destaque final para o Programa Saúde do Homem e da Mulher, que busca levar mais saúde e dignidade ao trabalhadores rurais.

Obrigado a todos pelo apoio e
colaboração.
Feliz Natal e um Ano Novo Venturoso e de muitas realizações

(*) Flávio Viriato de Saboya Neto
Presidente da Federação da Agricultura e
Pecuária do Estado Ceará – FAEC
e Presidente do Conselho Administrativo do SENAR-AR/CE