Presidentes do SINRURAL de Horizonte e Morrinhos participam da LIVE sobre dificuldades e oportunidades da Cajucultura

Os presidentes dos sindicatos rurais de Horizonte, Francisco José Ribeiro e de Morrinhos, João Ossian Dias, participaram nesta segunda- feira, dia 15/06 como convidados do debate sobre as dificuldades e oportunidades da Cajucultura, no formato de “live” promovido pelo Papo com Produtores, do Eproce e TFG advogados, coordenados por Amilcar Silveira e Diego Trindade.

No sentido de discutir as ameaças e as oportunidades para o setor da cajucultura no estado do Ceará na visão do produtor rural o presidente do Sinrural de Horizonte Eng Agrônomo Francisco José de Sousa -Franzé participou de uma Live a convite do Presidente da Câmara Setorial do Agronegócio e coordenador do Grupo Encontro de Produtores Rurais do Ceará Amílcar Silveira no âmbito do Programa Bate Papo com o produtor rural ocasião em que relatou em síntese as fases porque passou a cajucultura desde o primeiro projeto do Ministério da Agricultura Plante 1 milhão de cajueiros, fase dos projetos de reflorestamento financiado pela SUDENE através dos artigos 34 e 18, da implantação das Empresas Estaduais de Pesquisa no âmbito do Sistema Embrapa no caso do Ceará da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Ceará -EPACE onde foram desenvolvidas as primeiras pesquisas com a cultura do cajueiro e lançamento dos primeiros clones de cajueiro anão precoce ( CP 76, CP 06, CP 1001 e CP 09) culminado com a Criação do CNP do Caju da Emboaba hoje CNP Agricultura Tropical. Discorreu ainda sobre a implantação da Câmara Setorial do caju junto a Agência de Desenvolvimento do Ceará – ADECE onde foi desenvolvido o Programa de Desenvolvimento da Cajucultura no Ceará culminando agora com o Plano de Ação da Cajucultura em execução pela Secretaria executiva do Agronegócio da Secretaria de Desenvolvimento e Trabalho do Estado do Ceará -SEDET com o projeto Cajucultura de Alto Desempenho.
O presidente também também comentou sobre as ações da SDA/ EMATERCE referente aos programas de distribuição de mudas de cajueiro anão e renovação de pomares através da substituição de copas utilizando também material genético do cajueiro anão precoce bem unidades de beneficiamento de castanha e pedúnculo através do Projeto São José. Destacou com muita ênfase o Programa de Assistência Técnica e Gerencial no âmbito do programa Agronordeste em execução pelo Sistema FAEC/SENAR/SINRURAL onde grupo de 30 cajucultores por município serão assistidos sendo formados grupos em municípios do estado do Ceará
Após as discussões e as colocações das entidades que representam os produtores de caju através da ASCAJU e SINDICAJU e os SINRURAIS de Morrinhos e Beberibe conclui-se a Live com as conclusões ou encaminhamentos a seguir:

Ampliação dos programas governamentais enfatizando a união dos esforços e recursos institucionais focados nas propriedades visando o aumento da produtividade
Programa de Marketing para o aumento do consumo e valorização dos produtos caju do Ceará ampliação do programa de treinamento e capacitação do Cajucultor, assistência técnica efetiva e dirigida ao Cajucultor formalização através de Portaria da FAEC criando a Comenda pela Inovação Tecnológica Empresário e Cajucultor Jaime de Aquino a ser entregue na Assembleia Legislativa no dia do Cajucultor 12 de Novembro instituído pelo Dep Manuel Duca da Silveira Neto -DUQUINHA despachar com Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, levando como pleito do setor a Regulamentação do Fundo Nacional do Caju -FUNCAJU Trabalhar ao máximo o beneficiamento do pedúnculo do caju bem como ações de agregação de valor aos produtos derivados do caju.

SINRURAL DE MORRINHOS

O presidente do Sinrural de Morrinhos, considerou o debate muito oportuno e destacou como pontos importantes a renovação dos pomares de caju, mais tratos culturais, replantio com mudas de cajueiro anão e aplicação de novas tecnologias já desenvolvidas pela Embrapa com assistência técnica e Gerencial do SENAR.
Participaram ainda do debate,o secretário executivo da SEDET Silvio Carlos, Milton Holanda Neto , superintendente regional do Mapa no Ceará, o produtor Wagner Jucá, Luis Idemar Colaço, Diretor do Sinrural de Beberibe e Elder Leite Presidente do Sindicaju.